sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Maquinas do sexo


Por: José Ricardo da Silva

Vamos fingir que nossa sociedade é totalmente livre de qualquer preconceito, e que todos os jovens são responsáveis, a educação não só das escolas como as de casa são totalmente perfeitas. Acabo a ilusão, agora vamos à realidade, vivemos num século onde crianças e adolescentes aprendem as coisas cada vez mais rápido, porem aprendem de qualquer maneira, meio que trocam os pés pelas mãos... E com esse aprendizado mal feito, eles vêm crescendo e dando continuidade ao que a sociedade deixa de olhar ou olha de outra forma. E um assunto que a sociedade esta olhando com maus olhos é a instalação de maquinas de camisinhas nas escolas, e muitos já estão dizendo que, isso só vai influenciar os adolescentes ao sexo precoce. O fato é instalar uma máquina do sexo nas escolas é muito bom, mas se as escolas não criarem meios de educação aos adolescentes com referencia ao sexo e o uso de camisinha e os pais não tratarem sobre o assunto em casa, não vai adiantar muito uma maquina de camisinhas em escolas, o que iremos ver é camisinhas sendo usadas como bexigas e alvo de brincadeiras. Dar proteção e não falar sobre o uso dessa proteção não vai resolver o problema. Máquinas do sexo, o nome parece ser meio vulgar, talvez seja esse o problema de tantas criticas e preconceito por parte dos pais, para muitos conservadores falar a palavra sexo na frente de um adolescente de 14 anos é quase um palavrão, mas isso é causado mais pelo medo e vergonha dos pais de falar sobre o assunto e também dos adolescentes de perguntar sobre isso, tentar achar um culpado para tanta gravidez indesejada e doenças transmitidas através do sexo é mais difícil do que sentar frente ao filho e educá-lo sexualmente, e que muitos pais deixam isso como dever da escola. A máquina do sexo é sim um projeto bom, mas como já disse, se não conscientizar as crianças e os adolescentes ao uso dessas maquinas e da camisinha, muitos irão usar essas máquinas como diversão e não como fonte de proteção.

Pauta para o projeto Bloínquês - 38º Edição Opinativa Nota - 9,6

11 comentários:

  1. Ótimo post, eu concordo plenamente com tudo que disse! Mas também tenho receio que isso acabe virando uma GRANDE brincadeira entre os demais adolescentes, que estão achando que TUDO é uma brincandeira, tem quer ter a educação de ambas as partes, tanto dos pais, quanto do colégio, que é onde as crianças/adolescentes geralmente passam a maior parte do tempo, e os pais não tem a menor idéia do que acontece, do que influencia ou não, eles lá!

    ResponderExcluir
  2. Ahhh que texto ótimo.
    Devo admitir que foi o melhor que já li seu, até hoje.

    Parabéns. Aguarde o resultado da sua nota.
    Bjos

    ResponderExcluir
  3. esse assunto é sempre delicado
    mas acho q se o jovem tem uma boa educação em casa e na escola a responsabilidade para lidar com o sexo vem naturalmente, sem necessidade de uma abordagem tão direta, mesmo pq não importa quanto tempo passe esse assunto nunca será um dos mais agradaveis para se conversar em com os pais ou outro adulto qualquer

    http://falandosobreall.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. DE FATO, É PRECISO SE INSTRUIR ANTES PARA DEPOIS SABER O QUE É O CERTO A SE FAZER!!! CONSCIENTIZAR PRIMEIRO ANTES DE FAZER MERDA.

    POIS SE NÃO, A MÁQUINA DO SEXO VAI É SER MOTIVO DE PIADINHAS AO INVÉS DE SER USADO PARA O CONHECIMENTO E A EDUCAÇÃO DAS CRIANÇAS!

    PS: HÁ UM SELO ESPECIAL PRA VCS LÁ NO MEU BLOG... QUANDO PUDEREM, VÃO LÁ PEGAR!

    Abs,
    www.vemaquinomeublog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Ei, Fabi e Zé!

    Tem alguns selos lá no meu blog para você.
    Não se assuste! Pode pegar todos, mesmo! Risos...
    Seu blog merece.
    Desculpe-me por ser todos de vez. Mas é que realmente falta-me tempo, apesar de ser indormível. Risos...

    Muito Obrigada!!

    Abraço de NINA

    ResponderExcluir
  6. é o fato, é que conscientizar é a base e tudo!
    nossa , seu texto é mto bom!
    PARABENS!

    ResponderExcluir
  7. Acho que é uma bobagem ver essas máquinas como uma ameaça. Elas não devem ser usadas como um fim em si, é claro, mas apenas como uma das formas de conscientização dos jovens. Devem ser feitas campanhas e, principalmente, educação em casa, que é essencial.

    Adorei o texto!

    Visite meu blog também, onde falo sobre literatura, cinema, cotidiano e assuntos relacionados:

    http://inutilidadesliterariaseafins.blogspot.com/

    Até a próxima!

    ResponderExcluir
  8. Adorei o seu blog! Seguindo!
    E essa postagem tá ótima!!! Concordo com tudo que vc falou!
    Conscientização com certeza é a base de tudo, e para tudo!

    ;)

    ResponderExcluir
  9. Passeando pelos blogs indicados em selos dos meus amigos, encontrei você. E como a indicação tinha falado, aqui é muito bom, parabéns. ^^
    Estou te seguindo, se quiseres me siga também.
    Beijokas da Arih.

    ResponderExcluir
  10. Oi, Zé!

    Obrigada pelo comentário!

    Uma boa semana!

    Estou seguindo

    ResponderExcluir
  11. Oi, tem mensagem de final de ano lá no meu blog. É pequena, mas você vai gostar. Confira!

    Abraço de NINA

    ResponderExcluir