segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Faça

Por:José Ricardo da Silva

Morra quando quiser morrer
Viva em quanto quiser viver
Mate-me quando quiser matar
Faça com suas próprias mãos o quiser fazer
Me ame quando quiser me amar
Eu não tenho pressa, eu posso esperar
Reze quando quiser rezar, pois a sua prece
não vai me ajudar
Diga o que quiser dizer, não espere das pessoas
o que você não vai fazer, o que você não pode fazer
Corra para onde quiser correr
Fuja, finja...
Fugir não vai ajudar fingir não vai resolver
Grite se esforce, empurre
Levante essa cabeça e faça alguma coisa que não te torture
Faça o que quiser fazer, a sua vontade não vai me ajudar a entender
Grite, fuja, finja mate ou ame, faça por fazer, faça por prazer
Reze, corra viva, diga o que quiser dizer, faça sem querer, faça sem prazer
A vida é tua e não me peça para entender...
Faça na raça, faça com graça, faça e desfaça, mas não chore da desgraça!


sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Segunda Feira


Por: José Ricardo da Silva

A mesa de um bar é o palco perfeito para bater papo e debater assuntos do dia a dia... São dias alegres e descontraídos como esses, que faz nossos dias não se tornarem apenas um dia comum; ainda mais tendo a pessoa que se ama do lado.
Naqueles dias em que você pensa que nada mais pode acontecer, é que tudo acontece, os minutos felizes se encaixam na presença de pessoas sorrindo contando historias, e mostrando a sabedoria necessária para viver uma vida feliz. Ou pelo menos o mais perto disso possível.
A felicidade não se conta apenas por uma segunda feira num bar ou um churrasco no final de semana, mas como já diria um senhor de 83 anos; felicidade é: caminhar por aí, andar de bicicleta e de moto e ver pessoas bonitas.
E como lição de casa, ouvir sempre a voz do coração.
Usar a cabeça e ouvir o coração, esse deve ser mesmo o caminho para chegar aos 80 anos e dizer que mesmo com as saudades e o cansaço de ter lutado muito, a felicidade esta nas coisas simples da vida.
Lutar por amor, lutar contra a dor e fazer da vida uma lição, é envelhecer feliz e com muita historia para contar...
Isso foi o que eu tirei de lição, de um longo papo, numa segunda feira no bar.

*O senhor de 83 anos se chama, Sebastião, lê cartas e joga tarô e pelo jeito também lê a mente das pessoas ou é adivinho... Alem disso anda de bicicleta, de moto e carro e não vai ao médico.
Este senhor é um sábio. Acredite!


quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Só mais uma estupidez

Por: José Ricardo da Silva

Acho que o problema do ser humano hoje em dia, é a ignorância e estupidez que elas tratam umas as outras.
É chocante ver como elas se tratam como animais selvagens, e olha que tem muitos animais que são muito mais bem educados que nós... É triste!
Um dia me perguntaram duas coisas...
Primeira: você acredita na existência de vida fora da terra?
Eu disse que sim, que em um universo gigantesco como esse, é muito egoísmo dizer que só nos temos vida.
A segunda foi: você acredita que eles são mais inteligentes que nós?
Respondi com outra pergunta...
Mas quem disse que nós somos?
Podemos ter capacidade que muitos outros seres não têm, mas acreditar que nós somos inteligentes o suficiente, com toda certeza, esse é um egoísmo maior ainda.
Sempre tive como pensamento que, o verdadeiro sábio não é aquele que é mais inteligente, e sim aquele que sabe usar sua inteligência.
A sabedoria vem com o tempo, depois de viver o suficiente para se dizer inteligente, nos tornamos sábios pelo que vivemos e aprendemos no decorrer da vida, mas com essa estupidez e ignorância, não sei se muitos terão essa sabedoria que outros herdaram.
A inteligência é uma arte que tem que ser compreendida, você tem que saber ouvir, entender, resumir e decorar... Ai se o ser humano souber usar sua inteligência para uma coisa útil, que não seja fabricar bombas, exportar armas e se transformar em um serial killer, quem sabe teremos bons sábios na terra.
Mas com toda essa estupidez e ignorância, a única coisa possível de se ver, são pessoas tristes e amarguradas, se tratando em psiquiatras.

domingo, 23 de janeiro de 2011

É isso ai...

Por: José Ricardo da Silva

Eu chorei sangue na noite passada...
Eu vi pessoas gritando e crianças com medo, sendo humilhadas pela ignorância, pela injustiça e pela desigualdade.
Eu vi casa inundadas, pessoas se afogando e sendo enterradas... Eu vi hospitais lotados, pessoas mortas nos corredores.
Eu vi os outdoors caindo ao chão... Onde estão as propagandas que são a alma do negócio?
Eu vi a hipocrisia pintada de verde e amarelo, sem estrelas, mas com a frase: “Ordem e progresso.”
Descobri que algumas palavras têm veneno, e que os donos da verdade não são os donos de ninguém.
Mas até quando esperar?
Até quando esperar, se tudo é em vão, se tudo não passa de mentira?
Até quando esperar pela promessa do céu? Se dela só cai chuva, só chuva, mas a chuva não leva nossos erros, e faz perder a força de esperar pelo sol.
Onde foi parar aquela coragem, coragem de lutar que desafia o nosso peito a própria morte?
Está no bolso de quem?
Onde estão os caras que diziam que iriam mudar o futuro, mas se perderam no passado e se esqueceram do presente?
Me disseram: aprenda a dançar conforme a musica, mas não me deram nem o nome da canção...
Não aprendi a dançar, não aprendi a ser como um brinquedo manipulado pelas mentes tortas.
Eles querem que você se sinta mal, para eles se sentirem bem... Eles são caretas covardes, são filhos do rancor, da ambição e da vaidade.
E se eles me disserem para não brincar com fogo, posso provar que sou capaz de provocar um incêndio.
Eu já sei o que eu tenho que saber...
Agora tanto faz.

Deixo aqui uma musica do Legião que gosto muito, serve para dar uma razão ao texto. haha

Legião Urbana - Perfeição

Tem uma musica do Cazuza que se chama Blues da Piedade, e o refrão dela é mais ou menos assim...
Vamos pedir piedade, senhor, piedade pra essa gente careta e covarde...
Vamos pedir piedade, senhor, piedade!


É isso ai...


sábado, 22 de janeiro de 2011

Conversando com a mente 2 (FINAL)

Por: José Ricardo da Silva

Continuação...

A mente pergunta outra vez...
Luz? Túnel? Mas que luz era essa?
-Respondo.
A luz que me levava para o submundo, o mundo encantado da felicidade, onde tudo era perfeito.
- A mente ri
HAHAHA
Mundo perfeito, nada é perfeito, talvez nem o amor meu caro rapaz.
O amor é o sentimento mais lindo que existe porem hoje pode ser trocado por dinheiro, ou como dizem os ignorantes, pode ser substituído pelo álcool. Hahaha
Você esta sonhando acordado.
-Eu...
Estou mesmo, mas amor verdadeiro não se troca e nem se substitui, isso é só para os ignorantes como você mesmo disse... E depois sonhar acordado é bom, a vida é feita de planos, mas principalmente de realizações, e quando se sonha acordado você não esquece, e tem tempo de realizá-los.
- A mente diz:
Então pare de me olhar e realize-os, ficar sentado aqui conversando com si mesmo, remoendo coisas, não vai lhe trazer nada... Nem teus sonhos, nem teu amor e muito menos tua felicidade.
Não seja só mais um no meio da multidão, faça tua força ser vista e tua voz ser notada!
Todos dizem que o mundo é dos espertos, mas na realidade o mundo é das pessoas que mandam em seus sentimentos e em seus sonhos, vamos lá de a cara a tapa...
Vamos... vamos... vam...
Pi-pi-pi-pi
Olhei pro lado, e o relógio despertava, eram 07hrs da manhã e tudo não passou de um sonho.
Sonho que sonhei dormindo, mas parecia estar acordado.

Não sei se ficou legal, mas sei lá, vai que alguém curti... hehehe
Abraços a todos!


quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Conversando com a mente

Por: José Ricardo da Silva

Sentado em frente ao espelho, olhando nos olhos do reflexo, vem à mente a perguntar...
Onde foram parar todos aqueles sonhos?
-Respondo.
A facilidade de se sonhar não é a mesma para realizar este tal sonho, é como ter a facilidade de dizer eu te amo, sem nem se quer saber o que é amar.
-A mente retruca...
Ouvir um “eu te amo” nos dias mais sujos da vida, faz o coração bater mais forte o sangue correr mais rápido, você gera adrenalina o suficiente para não ter de fazer esportes radicais o resto da vida. E a mente questiona... Você é amado assim? Você ama assim?
-Digo
Não sei, talvez sim, talvez não.
Os olhos dela dizem que sim, que me ama, mas da boca, palavra alguma sai...
Do abraço apertado ainda sobra espaço, mas esse tamanho espaço é preenchido com um sorriso, um sorriso bobo como o deu uma criança que não sabe o que quer.
-A mente não satisfeita me coloca na parede, e diz.
Mas as crianças sabem o que querem... Você sabia, não é verdade?
Você sabia e ainda sabe tanto quanto eu, que teus sonhos ainda são os mesmos foi só tempo que te escorraçou.
-Respondo com frieza.
Pois é, o tempo não teve pena, me levou embora sem dar tempo para pensar, me deixou hoje apenas com a saudade de tudo que não vi, de tudo que não tive em minhas mãos.
Se arrependimento matasse meu caro...
-A mente.
Você se arrepende de ter feito tudo o que fez?
-Respondo eu.
Não, não do que fiz. Aquilo que fiz não foi em vão, não importa se seja ruim ou bom, o que fiz me deu aprendizados vantajosos pela pessoa que sou hoje. As coisas ruins me deram sabedoria, às boas me deram experiência, mas o arrependimento maior foi de tudo aquilo que deixei de fazer, as pessoas que deixei de conhecer, os abraços que deixei de dar, aquela luz do fim do túnel que não me importei em procurar.
A mente pergunta outra vez...

Continua...



SELOS PRA GALERA!!!

Olá galera, vim aqui repassar alguns selos que ganhamos aqui durante este inicio de ano...
Então como temos mais amigos aqui, vou dividir em grupos e presentear mais blogueiros amigos.
Abraços a todos e sintam-se a vontade para pegar o selo mesmo se seu link não estiver aqui!

Estes selos foi dado pelo blog http://aconteceucomigo-nick.blogspot.com/
Sempre esta aqui presente lendo e comentando!







Presenteio os blogs:
http://vidaem-textos.blogspot.com/ > Dani
http://inutilidadesliterariaseafins.blogspot.com/ > Roseane
http://humornegrosemcensura.blogspot.com/ > Laura
http: //www.tocadowilliam.com/> Willian
http://falandosobreall.blogspot.com/ > Driele

Esses aqui, ganhei da Driele do blog http://falandosobreall.blogspot.com/
Obrigado pelos selos e por vir aqui sempre!



Esses selos vão para os blogs:
http://aconteceucomigo-nick.blogspot.com/> Nike
http://naanabaanaana.blogspot.com/ > Nãna
http://vemaquinomeublog.blogspot.com/ > Marcel
http://vouvivendoavidalevemente.blogspot.com/ > Ju

Esse selo eu ganhei da Dani do blog http://vidaem-textos.blogspot.com/
Obrigado pelo selo e as visitas aqui nesse humilde espaço!

E esse selo eu achei e gostei, então vou dividir com vocês.


Que vai para:

Ufaa, acabou...
Quanto as regras sinto muito, mas quebrei.
hahaha

Abraços a todos

Frase da semana...

"Se choras por não ter visto o pôr do Sol, as lágrimas não te deixarão ver as estrelas."
(Bob Marley)

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Olhar instantâneo

Por: José Ricardo da Silva

É num passe de mágica, mas que muitas vezes desvenda segredos...
Quem nunca se pegou na rua com uma troca de olhares?
Olhares tão profundos que despertam arrepios, e que provavelmente você nunca irá ver igual.
Certo dia caminhando pelas ruas de minha cidade, passei ao lado de uma garota. Olhando de longe parecia pensativa, viajando, com um olhar preocupante e distante. Ao chegar mais perto, ela saltou os olhos dela ao meu e sutilmente olhávamos um ao outro, como se nossas pálpebras estivessem paralisadas, os olhos dela pareciam jabuticabas... Mas como vento ela passou ao meu lado, deixando aquele instante silencio de um olhar, restando apenas seu perfume de recordação.
Aquele olhar revelava coisas boas por trás de uma pessoa que parecia triste e desiludida, completamente perdida.
O olhar é a ferramenta exata para sentimentos ocultos.
Um simples olhar instantâneo pode durar tempo suficiente para perceber o que se passa na vida de uma pessoa, basta saber ler esse olhar.

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Amor sem fronteiras


Por: José Ricardo da Silva

A internet hoje em dia não é mais só uma ferramenta usada para trabalho, noticia jogos e etc. também é uma chave que abre as portas de muitos corações...
Acho que hoje em dia todos nós estamos sujeitos a um sentimento que nasce pelas fronteiras da internet, seja lá amor ou amizade.
Uns acreditam numa relação instável e duradoura, ou até no amor eterno.
O Fato é que numa relação virtual, você acaba conhecendo a pessoal pelo que ela é por dentro, sem ligar muito pro que ela tem ou pela sua aparência, mas mesmo assim t
em aqueles e aquelas que procuram uma pessoa que tenha uma boa aparência e um bom status na sociedade. Mas também existem aqueles que mentem muito sobre sua vida para tentar agradar ou por medo de não atender as expectativas da pessoa que esta do outro lado.
Mesmo pela distancia, existe uma força maior que faz um não desistir do outro, pois aquele amor que supera fronteiras e quilômetros acaba mantendo aquela saudade de uma pessoa que você nunca teve e nem ao menos viu pessoalmente, vivo e com todos os efeitos do amo
r.
E o mais interessante é que tudo nasce através da imaginação e dos sonhos de um encontro inesquecível, nada é mais importante do que o primeiro encontro, o primeiro olhar e quem sabe o primeiro beijo.
E mesmo com tantas coisas boas, muitas vezes ainda é preciso enfrentar preconceitos de familiares e até amigos, sempre tem aqueles pais, tios e avós que acham isso uma besteira e que amor a distancia não existe.
Mas se tratando de amor verdadeiro tudo pode acontecer, o amor é capaz de superar fronteiras, distancia e preconceito, e quem sabe uma possível evolução human
a para pessoas melhores.

Pauta para o Projeto Bloínquês - 41ª Edição Opinativa - Nota 9,86
2º Lugar

Estranha solidão


Por: José Ricardo da Silva

Um dia frio a vida passa descontente, sem
o brilho do sol que nasce primeiro no oriente.
A chuva que se escorre pela janela vem acompanhada
pelo vento que trás o arrepio da solidão, e pela tristeza
embalada por uma canção.

A terra parece girar cada vez mais de vagar.
Quando vejo me pego trancado no quarto,
pensando no que deixei de fazer e no quanto
ainda me resta a pagar.

Talvez sejam os erros de não ter feito a coisa
certa que me prenda nesta solidão.
Nos dias de liberdade a felicidade é como uma
explosão, mas na maioria das vez essa infelicidade
parece mais uma prisão.

É uma solidão diferente, não estou sozinho, é um
sentimento estranho que atravessou o meu caminho.
É um sentimento que confunde e eu não entendo,
mas amar é viver desaprendendo.

Mas assim continuo caminhando, vivendo e aprendendo
errando e me desentendo.
Desenhando o amor nesse vasto chão de giz, para
te guardar sem nenhuma cicatriz.

Poema para o Projeto Bloínquês, 21º Edição Poemas - Nota 9,4

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

*-*

Por : Fabíola Alves

” Os novos herois de BBB11”


Por : Fabíola Alves

Herói, é quem acorda as 5 da manhã pra ter que pegar três onibus pra chegar no trabalho, e chega em casa à noite sem conseguir pegar o filho acordado porque teve que pegar mais três onibus pra voltar. Heroi, é quem enfrenta um câncer sem perder a fé. Héroi é aquela pessoa que dedica uma parte do seu dia para fazer o bem. É aquela mãe que não abandona seu filho, mesmo quando o resto do mundo já os abandonou. Então, me desculpe Pedro Bial, mas acho que você deveria procurar outro adjetivo para definir os participantes de um reality-show.

O Homem invisível

Por: José Ricardo da Silva

O titulo lembra aquele livro e um filme que são muito bons, com uma estória muito legal... Porem é só o titulo, pois o assunto aqui é outro. Então vamos lá...
Tudo começou nesta quinta feira, assistindo ao filme nacional, Parada 174. Revoltado que sou, comecei a refletir sobre as diferenças a desigualdade em nosso país, ou melhor, nesse nosso mundo.
Enfim, não foi por causa do filme que comecei a pensar nisso, já vejo esse mesmo filme há muito tempo, e não se assuste, tem quase o mesmo roteiro que esse filme citado acima.
Parada 174, pra quem não assistiu ou não se lembra, é um filme baseado no sequestro do ônibus 174, no Rio de Janeiro em julho de 2001. É um filme real que mostra como é a vida das crianças que moram na rua, cheirando cola e pedindo dinheiro ou batendo carteiras e bolsas nas ruas, crescendo e então entrando na vida criminosa, traficando, matando e sequestrando.
E não os culpe por isso e nem os desmereça por morar numa favela, mas a falta de oportunidade que essas crianças e adolescentes tem, não poderia acabar de outra maneira, não é?!
O que faz dessas pessoas um homem um ser invisível, um ser totalmente renegado pela sociedade, por ser uma criança/adolescente que mora na rua e pede dinheiro no sinal, mesmo que seja para sustentar seus vícios, já que não teve a chance de ganhar carinho educação e muitas vezes um teto para dormir, e ao invés disso recebeu tapas na cara da sociedade, da policia e da injustiça de não ter onde cair morto.

Bom, não vou falar mais nada quero passar a vocês alguns vídeos que nos fazem pensar bem em como andam as coisas nesse planeta chamado: TERRA. Ou melhor, “Terra de ninguém”.

Dois desses vídeos são documentários feitos baseados no filme, e neste mesmo sequestro...

Quero agradecer a melhor jornalista que eu conheço, pois foi ela quem me mostrou os vídeos que passo agora para vocês.

Valeu Lud!

São vídeos cumpridos, mas vale a pena assistir!




segunda-feira, 10 de janeiro de 2011


Por : Fabíola Alves

E eu tentava apagar aquela música da minha mente;
realmente tentava,
Até o dia em que descobri que não era o som que me agradava,
mas sim a incrível lembrança que ela me trazia de você..

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Preconceito; o ser humano dentro dos padrões.

“O ser humano só aprenderá a arte de viver bem, quando aprender olhar não só para si mesmo.”

Por: José Ricardo da Silva

Você, que tem idéias tão modernas, é o mesmo homem que vivia nas cavernas... (Engenheiros do Hawaii)
Pois é, onde esta o ser humano que evoluiu que modernizou seu habitat e saiu das cavernas, aprendeu coisas novas e se informatizou?
Esse mesmo ser ainda não se acostumou com outras mudanças, mudanças essas que passaram a existir só mente na nossa cabeça, pois na realidade elas sempre existiu, nós que nunca olhamos para elas... Mas enfim, as coisas foram "mudando", e o ser humano "vivendo e aprendendo", ou pelo menos tentando aprender...
Porem, muitos desses ainda não se acostumou com a idéia de existir negros no mundo, não se acostumou com as opções sexuais das pessoas, não se acostumou a ver um mendigo na rua pedindo um trocado, e não se acostumou com varias outras coisas, rico, pobre, baixo, gordo, bonito ou feio. Sempre existe razão para humilhar uma pessoa.
As pessoas fixaram na cabeça um padrão de ser humano na sociedade, ou seja, se você não seguir a risca esse padrão, você esta extinto da sociedade... Você não tem direito de se expressar você não tem direito nem mesmo de estar vivo, é assim que muitos pensam.
Mas até quando esse tipo de pensamento infantil vai continuar na cabeça das pessoas?
Como podemos ensiná-las?
Esse problema já vem de anos e anos, re-educar as pessoas é mais difícil do que ensinar alguém que não conhece nada sobre os problemas sociais do nosso mundo.
Então é mais fácil educar essa nova geração para serem melhores que nós no futuro, quem sabe elas não sejam modernas, um ser humano tipo, dois ponto zero.
Mais pra conseguir isso existe uma longa caminhada, e o mais difícil dessa caminhada é lutar contra tantos preconceituosos.

E não adianta por a culpa toda no governo e nas escolas, problema social é um problema de TODOS!

"Triste época ! É mais fácil desintegrar um átomo que um preconceito." (Albert Einstein)


terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Eu sou normal, malucos são os perfeccionistas! (RISOS)

Por: José Ricardo da Silva

Quem é que sabe que isso tudo é verdade, quando o mundo todo não passa de ilusão...
Todos buscam a certeza entre o certo e o errado a realidade e a perfeição.
O fato é que o ser humano criou uma imagem na cabeça de que, o normal é a coisa certa e que se deve ser perfeito e o resto é pura falsificação. E no final das contas a perfeição que buscamos é só a ilusão da nossa imaginação.
Não existe essa tal “normalidade” ou perfeição, o “certo” e o “errado”! O que existe são apenas opiniões diferentes e a ilusão de que o perfeito é ser normal, e que fazer a coisa “certa” é a definição para uma vida normal e que o errado é um “crime hediondo” se comparado ao que pode ser chamado de perfeito...
Enfim, quando você fala algo do tipo: Eu não acredito em religião! As pessoas te julgam como um maluco, por que isso não é “certo” isso não é “normal”, quer dizer, a coisa certa é seguir uma religião ai sim você pode ser tratado como uma pessoa normal?
Em certas conversas onde você expressa sua opinião sobre algo, como o exemplo acima, as pessoas te olham como se você estivesse cometendo um pecado, te julgam como um louco desvairado, sem ao menos pensar que você tem direito em ter sua opinião.
Então pra você ser normal você tem que seguir um só tipo de pensamento, tem que ter o mesmo tipo de opinião e seguir um padrão, ai então poderá alcançar essa tal perfeição?
Já ouvi muitos homens e mulheres falando: eu quero encontrar uma pessoa perfeita!
Qual é a mulher perfeita? Aquela que lave passe cozinhe e transe com você todos os dias, sem reclamar de nada?
Qual o homem perfeito? Aquele que te de roupa, sapatos um cartão de crédito e um carro zero na garagem?
Não, não, não... NÃO
Existem sim, pessoas com esses tipos de interesses, mas dizer que isso é ser perfeito, ah tem a dó né!? Mas não existem pessoas perfeitas nem normais, as pessoas têm opiniões diferentes e atitudes diferentes em certos momentos, e cada um tem que ser do seu jeito, ninguém é confeccionando como roupa, toda dentro dos padrões.

Cada um tem seu direito de não viver dentro da total lucidez... Aproveite sua maluques, ela é quem faz sua liberdade e te da criatividade.
Como já diria Raul Seixas: Ninguém tem o direito de me julgar a não ser eu mesmo. Eu me pertenço e de mim faço o que bem entender.
NINGUÉM É PERFEITO!

Meu próximo texto será um pouco haver com isso! “Preconceito; o ser humano dentro dos padrões.”

Frase da semana...

Pare o mundo que eu quero descer... (Raul Seixas)

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Meu caminho...

Por: José Ricardo da Silva

Não espere por mim, farei meu próprio caminho... Coloquei milhões de milhas meus calcanhares.
Essa é a meta do ano, mesmo que algo me jogue no chão, mesmo que a pedra do caminho seja tão grande a ponto de eu não conseguir arrastá-la, por mais que a facada seja definitiva, e o sangue escorra manchando o que já não é mais meu... Eu não vou parar, vou continuar lutando, sangrando sem forças, mas eu vou chegar lá.
Nada melhor que uma virada de ano para refazer sua lista de planos e mais do que nunca, Jamais pensar em desistir.

Espero que vocês também! ;)