segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Epitáfio


Por: José Ricardo da Silva

Palavras escritas palavras ditas, palavras que passaram despercebidas...
Queria ter dito tudo, todas as palavras que me vieram à cabeça, mas deixei de lado.
As horas que passei sentado pensando, esperando, comendo, deveria ter feito aquilo que queria fazer.
Agora faço toda filosofia daquilo que falei, fiz desfiz, refiz, deixei, esqueci, lembrei e deixei de novo.
Um aperto uma dor, um vazio, no meio da escuridão um arrepio.
Não sei mais os caminhos do mundo, sinto falta de tudo que perdi de tudo aquilo que não vi... Sinto falta de mim mesmo, mas meu coração não quer deixar meu corpo descansar.
Fiz um diário, um livro do destino um livro dos nossos dias, o caminho das flores, catalogado com os nossos erros... Todos se afastam enquanto o mundo todo está errado.
Ainda é cedo, mas o fim do começo é o meio, e o final já esta sendo desenhado...
Agora vejo como a vida passou rápido, rumos foram construídos diferentemente por cada pessoa, histórias diferentes serão contadas, percebi que as manhãs já não são as mesmas, ao abrir os olhos o sol já não é tão brilhante.
Ao impulso do suspiro e do som forte do coração a bater, me vem um leve desespero, me vem à dor de um vazio, me vem à pergunta: O que esta acontecendo?
Ao tentar achar a resposta, percebi o quanto sou egoísta, por querer as pessoas ao meu lado, sem me importar que um dia eu também não esteja ao lado delas.


sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

A História e a distancia

Por: José Ricardo da Silva

“Por esses caminhos da história, a vida me levou a crer que, tudo não passa de uma constante luta por espaço e poder. Mas ainda prefiro lutar pelos sonhos, pelo amor e pela liberdade.”

Hoje parei para pensar na história dentro da história e na minha história dentro da história, é uma filosofia ingênua e ao mesmo tempo complexa.
Me peguei pensando... Todos nós fazemos historia neste mundo, uns fazem história e entram para história, e outros entram para história sem fazer historia. HAHA... Mas não digo “fazer historia” só no sentido de cursar historia. O verbo “fazer”, eu coloquei também no sentido de viver marcando sua passagem de vida na história, algo para ser guardado.
Uns marcam sua historia em forma de paginas de livro, uma musica inesquecível documentários e etc., outros são guardados na história por uma simples foto no álbum de retratos. Cada um faz sua história por simplesmente ficar guardado na memória, apesar da distancia... Seja lá qual for essa distancia km ou a vida e a morte.
Onde quero chegar com isso?
Ah história é baseado em fatos, baseando-me nesse fato que é a história, cheguei à conclusão de que, as pessoas passam na nossa vida compondo a nossa história e a delas também, história essa que, será lembrada e contada um dia, através dos fatos que marcaram nossa vida.
Logicamente se não nos tornarmos ícones de algum fato importante para o nosso país ou no mundo, seremos esquecidos um dia, mas ainda sim existiram registros de que existimos e que deixamos muita história para contar.

-Quero dedicar este post a mais nova futura historiadora, que embarcara na busca pelos seus sonhos um pouquinho longe daqui.
Ela já fez história por aqui e agora vai continuar fazendo história na UNESP, e em dobro ainda. hehe
Você vai deixar saudades Amanda, a gang não será mais a mesma sem você! haha Mas ainda vamos nos reencontrar nesse nosso mundão histórico, e conversar sobre nossas histórias, nossos dias de lutas e dias de glória... Quem sabe pode até ser num show do AIH5 no Maracanã, ué, quem sabe? Talento pra isso eles tem. Assim como você!
Então é isso Mandinha, faça o que tem que ser feito, e não se esqueça do anjo da guarda do seu celular aqui. hahaha
Parabéns pela conquista e um grande mega beijo!!! BOA SORTE!


Gotthard - One life, one soul


terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Hoje eu acordei feliz!

Hoje eu acordei para sorrir mostrar os dentes...
Hoje eu acordei para matar o presidente. ♫♪


Por: José Ricardo da Silva


Hoje eu acordei feliz...
Sonhei com ela a noite inteira, e quase perco a hora pro trabalho!
Não queria acordar, mas o celular não respeitava meu sonho...
Desse sonho me lembro vagamente de algumas coisas, mas o rosto dela o sorriso e a voz era tão real que, parecia que ela estava ali ao meu lado.
Se eu sonhasse desse jeito todos os dias eu não teria motivo para ficar acordado.
Era um sonho tão real que, não era o sono que me fazia dormir, e sim a presença dela no sonho que não me deixava acordar.


Na minha vida tudo acontece
Mas quanto mais à gente rala, mais a gente cresce
Hoje estou feliz porque sonhei com você
E amanhã posso chorar por não poder te ver ♫♪



domingo, 13 de fevereiro de 2011

Caráter perecível

Por: José Ricardo da Silva

De uns tempos para cá tenho percebido nas pessoas um prazo de validade no comportamento delas.
Elas mudam de lado, mudam de atitude e de ideais como se mudassem de roupa...
E principalmente tenho notado nas pessoas um caráter perecível, elas mudam de perfil e quando você menos espera tem outra pessoa na sua frente, é como se houvesse dois espíritos que trocam de lugar conforme a necessidade de agradar, se deixar influenciar pelas idéias e opiniões de outras pessoas.
Não procuro a perfeição em ninguém, até por que não quero que procurem isso em mim, mas o que eu vejo é que as pessoas se perdem no meio de tanto medo não agradar a todos a sua volta, mas ninguém é perfeito, e não tem como agradar a todos, sempre tem aqueles que te criticam, e sempre vai ser assim. Mas o que importa é você ser você mesmo, por mais que isso pareça bizarro!

- Parem me parem, e separem meus parafusos, já não estou conseguindo me controlar, viver neste mundo já esta me dando falta de ar.
Eles não podem me controlar, eles querem me ver confuso, todos apontam e dizem:
Você é isso você é aquilo, mas não, não, eles não vão me ver confuso.
Não vou ser como os outros que se deixam influenciar...
E para os que estão do meu lado eu digo uma coisa: viva do seu modo haja do seu jeito, ou pelo contrário não merecera meu respeito.


quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Decepção ensina a viver ?


Por : Fabíola Alves

Se o chão se abrir e você sentir que já não tem mais forças, confie e acredite sempre um pouco mais. Se existe o caos e a dor, também existem a fé e a esperança em algo maior, em algo melhor. Não é felicidade, amor e carinho e sim viver e aceitar que, para cada dia ou pensamento que ferir seu coração, vai existir a recompensa por tudo que você passou e, para cada sonho que perdeu, encontrará um novo sonho inteiro ao seu dispor!

Filosofia de calçada


Por: José Ricardo da Silva

“É da indecisão que se faz uma catástrofe.”

Moral da historia, não tomar a decisão certa na hora certa, ou até mesmo na hora errada, pode causar um grande efeito em sua vida.

Fica a dica! (Pena que eu mesmo não saiba usar।) hahaha...

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Eu sou o tudo e o nada...

Por: José Ricardo da Silva

Não sou tão bom como você pode ver, mas também não sou tão ruim como você diz eu ser...
Me desculpe pelos meus atos, apertos e abraços.
Me perdoe pelo carinho que não te faz pensar em algo bom, alem das mentes em volta querendo te perturbar.
Não digo-lhe de maldade, mas você foi e é, o maior dos meus sonhos, desde o ultimo o primeiro, é o que jamais esquecerei.
Não me entenda por linhas tortas, talvez eu não seja tão bom escrevendo-lhe, como te amo de coração.
Não me julgue. Eu nunca te julguei! Temos os mesmos defeitos, só não cometemos aquele crime perfeito, como dizia naquela musica... (somos suspeitos de um crime perfeito, mas crimes perfeitos não deixam suspeitos.)
Não foi sonhando que eu comecei a flutuar, mas foi dormindo que comecei a me afogar, não tinha pra onde ir quando você apareceu, era uma ilha perdida no espaço, nada era tão precioso como aquele momento, nada nunca foi tão precioso como os poucos momentos em sua companhia.
Você pode me achar maluco, mas esse cara aqui sou eu! Esse cara aqui eu sou, eu fui... Eu vou!
Eu vou!
Pra você eu sou tudo e o nada, eu sou...
Eu sou o inicio, o fim e o meio!

Coloquei o vídeo porque gosto muito dessa musica, e usei algumas frases dela no final.



quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

É difícil viver essa vida... Fala ai deputado.

Vossa excelência

Por: José Ricardo da Silva

Pois é né meu povo...
Alguém sabe quanto foi o aumento do salário mínimo?
De R$510,00 foi para R$540 né? Opa! R$545,00, é isso ai mesmo né?
Agora pára pra pensar...
Quantos deputados nós temos?
Quantos senadores?
Quantos ministros, cargos de confiança e assessores?
Soma tudo o que eles ganham.
Só o salário desses parlamentares subiu para R$26,7mil, é mais de 61% de aumento, enquanto o salário mínimo teve um pouco mais de 6%.
Ai quando você liga a TV, ouve a dona Dilma falando, que quer acabar com a fome e a pobreza, e que quer uma vida justa paras as mulheres e os homens do nosso Brasil. HAHAHA
Justo?
Qual parte da piada eu não entendi?
R$26,7 - R$545 = justiça!
Só faltou ela falar que irá implantar o AI5 novamente, do jeito que anda nossa “democracia”, voltar a era 1968 não é muito difícil.
Enfim, não quero com esse texto cobrar um aumento de 61% no salário mínimo, mas gostaria de um pouco mais de respeito com o povo.
Eles ganham esse alto salário, fora os benefícios, auxilio terno, auxilio moradia, auxilio para viagens; tudo isso com dinheiro público, é muita palhaçada!
E todo esse dinheiro vai pra onde?
Se somar todo esse dinheiro, durante os 4 anos de mandato deles, fora o que eles roubam; poderia ser uma verba muito bem aplicada em escolas, professores, hospitais e com essas pessoas que moram em beiras de morros que desabam sobre suas cabeças em dias de chuvas.
Mas não é bem isso o que acontece.
É o que eu sempre digo: falta à conscientização desse povo!
Duro é conscientizar quem não tem o mínimo de estudo, e não sabe ao menos o que é democracia.

Agora assista a essa reportagem que foi mostrada no CQC, e que me deixou um tanto quanto muito PUTO com esses canalhas.

Tadinho deles, é muito difícil essa vida...

Acho que a musica dos Titãs fala por mim lá em cima!


....


Adoro crianças , sao tao originais !

Por: Fabíola Alves

A dor


Por : Fabíola Alves

A dor. Você só tem que sobreviver a ela, esperar que ela vá embora sozinha, esperar que a ferida que a causou, sare. Não há soluções, respostas fáceis. Você só respira fundo e espera que ela vá diminuindo. Na maior parte do tempo, a dor pode ser administrada, mas às vezes ela te pega quando você menos espera, te acerta abaixo da cintura e não te deixa levantar. Você tem que lutar através da dor, porque a verdade é que você não consegue escapar dela e a vida sempre te causa mais.

Por : Fabíola Alves


Embora a saudade que eu tenha sentido seja de sonhos que nunca realizei, fico feliz em saber que ainda tenho com quem sonhar.


quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011


Vi este texto no blog da Driele > http://falandosobreall.blogspot.com/
Ela viu no blog http://quempoderanosdefender.blogspot.com/ Enfim...
Não é simplesmente uma corrente, é um texto de protesto aos nossos queridíssimos parlamentares.

TROQUE 01 PARLAMENTAR POR 344 PROFESSORES
O salário de 344 professores que ensinam = ao de 1 parlamentar que rouba.

Sigam ai...

Prezado amigo!

Sou professor de Física, de ensino médio de uma escola pública em uma cidade do interior da Bahia e gostaria de expor a você o meu salário bruto mensal: R$650,00
Eu fico com vergonha até de dizer, mas meu salário é R$650,00. Isso mesmo! E olha que eu ganho mais que outros colegas de profissão que não possuem um curso superior como eu e recebem minguados R$440,00. Será que alguém acha que, com um salário assim, a rede de ensino poderá contar com professores competentes e dispostos a ensinar? Não querendo generalizar, pois ainda existem bons professores lecionando, atualmente a regra é essa: O professor faz de conta que dá aula, o aluno faz de conta que aprende, o Governo faz de conta que paga e a escola aprova o aluno mal preparado. Incrível, mas é a pura verdade! Sinceramente, eu leciono porque sou um idealista e atualmente vejo a profissão como um trabalho social. Mas nessa semana, o soco que tomei na boca do estomago do meu idealismo foi duro!
Descobri que um parlamentar brasileiro custa para o país R$10,2 milhões por ano... São os parlamentares mais caros do mundo. O minuto trabalhado aqui custa ao contribuinte R$11.545.
Na Itália, são gastos com parlamentares R$3,9 milhões, na França, pouco mais de R$2,8 milhões, na Espanha, cada parlamentar custa por ano R$850 mil e na vizinha Argentina R$1,3 milhões.

O autor do texto, eu não faço a mínima idéia de quem seja! :S