sábado, 11 de junho de 2011

Um novo modo de ver a vida


Por: José Ricardo da Silva

Conforme a vida passa você enxerga melhor a realidade, você se machuca com os tombos e vê que não são os números de velas que você assopra que o torna maduro o suficiente para encarar a vida de frente e sim, a experiência de cada tombo, de cada batalha... Você começa a entender que, por mais que você perca ou vença essa batalha a guerra nunca deve ser entregue de mão beijada.
Você aprende que por mais esperto que você seja o mundo jamais será seu por que o mundo é de todos e que, todos unidos jamais serão vencidos.
Você percebe que a desunião não faz sentido e que a força de quando estamos unidos nos da coragem para enfrentar um exercito inteiro sem precisar de armas. Você valoriza cada lagrima que escorre, seja por saudade ou por alegria.
Você aprende que o amor não é a coisa mais simples do mundo e que a simplicidade está em cada ato de amar e se conseguirmos ser simples de coração, seremos melhores no amor e na dor e descobriremos que, quando aprendermos a perdoar é que aprenderemos a pedir perdão. Você percebe que ter inimigos é fácil, mas ter amigos é mais fácil ainda, difícil mesmo é contar nos dedos em quais deles você pode confiar.
Então você passa a escutar sua mente e ver que de vez enquando a alma pede um pouco mais de calma, mas o tempo não para pro coração repousar e a vida continua, mesmo que muitas vezes de vontade de pedir para o mundo parar, você percebe que o mundo é enorme de mais para se descer, então, você irá levantar a cabeça e seguir em frente usando tudo o que você aprendeu em suas longas doces e amargas experiências e assim, encontrando em cada novo dia um novo modo de ver a vida.

"O tempo não pára!"

Um comentário:

  1. O tempo não pára! -> essa frase do cazuza pra mim é um lema. Ela é tao simples, mas ao mesmo tempo diz muito!

    Resumiu muito bem essa tua cronica. Querendo ou nao, nas vitorias ou nas derrotas, tudo passa. Pq? Pq o tempo nao para.

    Abraçaaoo

    ResponderExcluir