terça-feira, 15 de maio de 2012

Um pouco só da minha ignorância.


Existiu um homem que o chamavam de santo, morreu crucificado por um povo que não sabia onde iria chegar, deu sua vida pelos pobres, não pela humanidade.
Existe hoje em cada madrugada dessas que você passa com a cabeça no travesseiro dormindo e mais centenas de covardes que passam o dia com a cabeça fresca e o burro na sombra, pensando em onde irão guardar seus dólares, euros, verbas, impostos e juros... Existe em cada madrugada como essa que te deu o brilho do sol de hoje; homens, mulheres, crianças e acredite, até idosos dando seu suor para salvar sua família da miséria que destrói e mata.
E você ainda roga, implora para Deus que algo fútil e inútil aconteça de bom na sua vida... Que seu príncipe apareça, que o premio acumulando na loteria seja seu? Não seja hipócrita, não coloque sua bondade no prato e cuspa seus desejos fúteis... Isso me enlouquece!
Jesus pode não ter morrido pelo fim da humanidade... Isso não iria acontecer. Mas morreu por centenas de pobres que acreditavam não em seus milagres, mas em sua fé na mudança de um mundo justo e melhor para se viver. E você? Vai morrer por quê? Vai morrer por quem?
Por não ter sua sobremesa após o jantar? Por não ter um príncipe que não vá te valorizar ou que você não valorize?
Aprenda! Sua vida é até amanhã. Mude! Não espere que o mundo mude você, isso irá causar dor.
Não peça para Deus o que você não pode fazer, mas peça coragem é só o que você precisa para fazer seus próprios milagres. Olhe para quem está do seu lado e menos para o que está na sua frente, seus passos podem nem chegar lá e quem está do seu lado está há um segundo dos seus braços.
Se quiser mudar o mundo, bote sua cabeça para funcionar! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário