sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

A História e a distancia

Por: José Ricardo da Silva

“Por esses caminhos da história, a vida me levou a crer que, tudo não passa de uma constante luta por espaço e poder. Mas ainda prefiro lutar pelos sonhos, pelo amor e pela liberdade.”

Hoje parei para pensar na história dentro da história e na minha história dentro da história, é uma filosofia ingênua e ao mesmo tempo complexa.
Me peguei pensando... Todos nós fazemos historia neste mundo, uns fazem história e entram para história, e outros entram para história sem fazer historia. HAHA... Mas não digo “fazer historia” só no sentido de cursar historia. O verbo “fazer”, eu coloquei também no sentido de viver marcando sua passagem de vida na história, algo para ser guardado.
Uns marcam sua historia em forma de paginas de livro, uma musica inesquecível documentários e etc., outros são guardados na história por uma simples foto no álbum de retratos. Cada um faz sua história por simplesmente ficar guardado na memória, apesar da distancia... Seja lá qual for essa distancia km ou a vida e a morte.
Onde quero chegar com isso?
Ah história é baseado em fatos, baseando-me nesse fato que é a história, cheguei à conclusão de que, as pessoas passam na nossa vida compondo a nossa história e a delas também, história essa que, será lembrada e contada um dia, através dos fatos que marcaram nossa vida.
Logicamente se não nos tornarmos ícones de algum fato importante para o nosso país ou no mundo, seremos esquecidos um dia, mas ainda sim existiram registros de que existimos e que deixamos muita história para contar.

-Quero dedicar este post a mais nova futura historiadora, que embarcara na busca pelos seus sonhos um pouquinho longe daqui.
Ela já fez história por aqui e agora vai continuar fazendo história na UNESP, e em dobro ainda. hehe
Você vai deixar saudades Amanda, a gang não será mais a mesma sem você! haha Mas ainda vamos nos reencontrar nesse nosso mundão histórico, e conversar sobre nossas histórias, nossos dias de lutas e dias de glória... Quem sabe pode até ser num show do AIH5 no Maracanã, ué, quem sabe? Talento pra isso eles tem. Assim como você!
Então é isso Mandinha, faça o que tem que ser feito, e não se esqueça do anjo da guarda do seu celular aqui. hahaha
Parabéns pela conquista e um grande mega beijo!!! BOA SORTE!


Gotthard - One life, one soul


9 comentários:

  1. Meu paciente favorito, maiiis uma vez m deixa boba em seu moço rsrsrs

    Todos nós fazemos historia neste mundo, uns fazem historia e entram para historia, e outros entram para historia sem fazer historia e enfim são historias, “HISTORIAS” que a “VIDA” conta, historias q ficam na historia ...

    Paciente vc é um gênio
    Quando eu crescer quero escrever igual vc huhuhuhuhu

    ResponderExcluir
  2. aaaaa mais credo em , despedida pa amandinha zézao saisaidsahiudha , de boa cara , texto como sempre bom xD , os grandes amigos redbenz teram sempre uma historia , fotos e lembranças ;D

    ResponderExcluir
  3. Parabens para a Amanda! Muita história para ela hehehehe

    E é bem como tu disse. Todos nós fazemos historia, nem q seja apenas para algum amigo, ente querido ou nosso cachorro. Mas por bem ou mau, a gente sempre deixa nossa marca.

    Una mais evidente, de maior sucesso, e outros mais no anonimato, mas a historia e a passagem nessa vida, sempre estará marcada, nem q seja por um ato apenas!

    Abração

    Bom final de semana

    http://www.estilodistinto.com/

    ResponderExcluir
  4. Para contar histórias não basta apenas ler, mas também interpretá-las com Arte.

    Parabéns a Amanda e Parabéns ao Zé, pelo ótimo trabalho de sempre.

    Abraços e Ótimo final de semana.

    ResponderExcluir
  5. Não é preciso estar nos livros para fazer história. O que importa é o quanto somos relevantes para os nossos amigos e familiares. Gostei do seu texto, da sua reflexão.

    Quanto as suas dúvidas, deixei algumas sugestões de temas, mas você pode escrever sobre outro tema que quiser. Só me mande o link, ai publico o texto no blog tbm, com seu nome, claro.

    Abç!

    ResponderExcluir
  6. Ah, Zée!
    To sem palavras! Lindo o que escreveu!
    Agradeço muito por todo esse seu apoio, por te se tornado meu amigo, mesmo que começasse como anjo da guarda do meu celular.Quero que saiba que o considero muito! Tenho uma imensa sorte por tê-lo como parte da gang, e lógico uma pessoa maravilhosa ao meu lado.Pelo tempo que nos conhecemos eu sei que essa amizade vai durar, porque ela ainda é uma 'child'. Muito obrigada por tudo! E ainda continuaremos fazendo história, você aqui, eu lá, história nos dois sentidos.E ainda muita História quando nos reencontrarmos para contar!
    Eu não escrevo tão bemm como você,mas é de coração.
    Te adoro!
    Beijão:*

    ResponderExcluir
  7. Fico feliz por ter gostado, e não precisa agradecer nada não é tudo de coração... Eu é quem agradeço por me aturar esse tempo todo! hahaha Essa gang ainda vai longe. Ah se vai! E ainda daremos muitas risadas.
    Também adoro você! ;*
    Grande beijo

    ResponderExcluir
  8. Zé, Obrigada pelo carinho lá no Humor Negro, mas eu esqueci de avisar q adicionei o Falando pelos cotovelos para receber um Meme Literário, eu sei q é meio gay, mas eu indiquei os blogs q eu ADORO!
    Segue o Link: http://migre.me/3UV1G

    Abraços e Ótimo domingo.

    ResponderExcluir